«« Voltar - «« Home
Links uteis

Network Cinque Terre
Pro Loco Portovenere
Comune di Portovenere
Comune di Portofino
Acquario di Genova
Promozione Turistica Genova
Comune di Genova
Fiera di Genova
Porto di Genova
Musei di Genova
Camera di Commercio Genova
Comune di Sanremo
Promozione Turistica Sanremo




Portovenere

Uma região onde natureza, arte e cultura são vivas. Cinque Terre, Golfo dei Poeti, Riviera del Tigullio, Golfo Paradiso, Porto Venere, Portofino e Sanremo são os mais importantes lugares.
Descrever as belezas de Cinque Terre è difícil, até mesmo para os poetas. Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore formam essa área que se debruça sobre o mar. Podemos seguir os diversos roteiros: andar pela "Via dell'Amore", passear nos "carrugi", caminhos estreitos e históricos dessas pequenas cidades dos marinheiros.
Inesquecível é apreciar a paisagem, enquanto voltamos do mar nos barcos dos pescadores.


Em Porto Venere, no extremo nascente da região, perto da La Spezia, nos parece que estamos dentro de um belo quadro, com seu mar azul, a Gruta do poeta Byron, a Igreja e o Castelo Doria em cima da colina, de onde podemos ver o maravilhoso mar Ligure.
Degustar um bom prato de peixe com um vinho branco gelado faz parte do que nos oferece a qualidade da cozinha local.
Genova, capital da Liguria, tem uma programação cultural muito variada durante o ano inteiro, com exposições, shows e o Acquarium, que é maior da Europa. A poucos quilometros Pisa, Lucca e Firenze, na Toscana, completam a oferta de Arte e Cultura.

Vernazza - Cinque Terre


Gruta de Byron

Descrever Portofino e a sua excepcional beleza não é uma coisa fácil... é como querer transformar em palavras uma grande música. Porque a harmonia perfeita da natureza neste rarissimo ângulo do Mediterraneo nos transportam num mundo de sonhos, de encontros interiores num ambiente que convida à meditação, com a sua história e com a vida! Não é possível ir a Portofino e não visitar o Castelo Brown, circundado por um jardim mediterraneo rico de flores, com um panorama encantador do golfo até a Ponta Baffe e, do terraço sobre Portofino e sobre o mar.



Sanremo è uma bela e moderna cidade que gentilmente recebe visitantes e turistas em todos os períodos do ano, onde se está muito bem e se pode divertir muito. Famosa pelo Festival da Canção Italiana, que iniciou em 1951, è conhecida como a “Cidade das Flores” e à floricultura deve grande parte da sua riqueza e do seu bem-estar econômico. Conhecida também pela sua intensa vida artística e cultural: os encontros literários, as apresentações de sua orquestra sinfonica, teatros, mostras e os ensaios.
Também as atividades esportivas são muitas: o golf, tiros, um campo hípico com escola de equitação, tênis, mini-golfe,, baseball, volei, piscinas olímpicas e piscinas para treinamento. O mar também oferece muitas possibilidades esportivas: pesca, mergulhos, canoagem, vela, surf, motonautica e dois completos portos turísticos. Entre as programações esportivas não se pode perder a "Classicissima" de ciclismo Milano-Sanremo, o Rally automobilístico (prova válida para o Campeonato Mundial de pilotos e Marcas) e o “criterium velico” de Páscoa.
 

Portofino


Casino de Sanremo


Transatlantico

Bigo
Da Genova partiram os Emigrantes para o Brasil 
Ao ver-lo do cais nos pareceu imenso, grande mais que um palácio. Sua magnificência infundia temor a nós, pequenos emigrantes, tímidos, cheios de medos, aterrorizados pela travessia do oceano que nos esperava. O transatlantico, preguiçoso, encostado a terra firme, com fumaças saindo de suas chaminés, mesmo na sua grandeza nos parecia inadequado para suportar as ondas e a furia do mar aberto.
As passarelas da nave eram divididas. Uma muito ampla, pintada de branco com corrimão em latão lúcido, era coberta com uma tela para proteger as pessoas da chuva e do sol e terminava na entrada da classe privilegiada; as outras descobertas e instáveis, sujas e enferrujadas nos levavam aos porões fechados e obscuros da nossa classe de desesperados, que desejávamos trabalho na America.
Genova, as nossas costas, parecia espectadora. Nos olhava sem parar sua atividades. No porto os ambulantes vendendo de tudo, frenéticas operações de carga e descarga de mercadorias e preparação do nosso transatlantico: produtos alimentícios para a primeira classe, diversos tipos de verduras e frutas, carnes e peixes mergulhados no gelo, garrafas de vinhos brancos e tintos, valiosos. A cidade, plena de chaminés das fabricas, inclinada sobre suas colinas, um grande movimento de carros e vagões transitando aparentemente sem ordem nas ruas e na estrada de ferro.
O farol, a famosa “Lanterna”, enviava seu raio de luz nas primeiras sombras do final da tarde. As fiscalizações foram feitas, os documentos foram vistos e carimbados, os bilhetes revisados. Tudo parecia concluido. Começamos a subir na passarela, arrastando nossas míseraveis malas de papelão amarradas com cordas e logo depois as escotilhas se fecharam às nossas costas nos separando, talvez para sempre, de tudo que foi nossa terra antes.
O ulular da sereia dilacerou o ar no momento em que todos nós entramos na barriga da nave. Nossa saida seria somente apos quarenta dias de navegação, chagando a São Paulo, nosso destino.
Farol de Genova
 
Associação Cultural Itália-Porto Alegre Onlus | Registro Civil de Pessoas Juridicas n.3148 12-03-2009 | Todos os direitos reservados