«« Voltar - «« Home
Links uteis
Prefeitura de Porto Alegre
Governo do Rio Grande do Sul
Porto Alegre Turismo
Guia de Porto Alegre
Imagens de Porto Alegre
Porto Alegre e webcams
Social Forum
Consulado Italiano
 


Nosso Presidente


Visitantes
O Consulado Geral da Itália de Porto Alegre, representado pelo Consul que encerrava seu mandato, Sr. Francesco Barbaro, deu o encargo à nossa Associação Cultural Italia-Porto Alegre, de organizar a mostra fotográfica sobre o Ressurgimento e Conquista da Independência Nacional com fotos originais dessa época.
Para sua realização contamos com algumas importantes parcerias e com nossa experiência que, embora breve, tinha já conseguido expressar-se na organização de outros eventos como a realização da Mostra fotográfica para a Semana da Língua Italiana no Mundo, em 2008, sempre como colaboradores do Consulado de Porto Alegre.
Na Mostra sobre o Ressurgimento foi mais uma vez a hospitalidade da Usina do Gasômetro, importante centro cultural dirigido por Caco Coelho, a permitir sua realização no amplo mezzanino. Mas devemos destacar a fundamental importância do Diretor do Museu da Fotografia da Província de Lodi, Silvano Buscapé e dos colecionadores Lanfranco Cavalcanti, Luigi Generali e Ugo Scotti, que nos emprestaram fotografias originais e “caleotipi” (antiga forma de produzir negativos), além de documentos, ilustrações e peças raras muito importantes sobre o Ressurgimento da Itália.
A mostra foi composta também por painéis explicativos e materiais documentarísticos para explicar melhor, para um público que pouco conhecia a história da Itália, muito menos aquela da Unificação da Itália. Contamos também com a ajuda de Adriana Donato, Fotógrafa de Porto Alegre, para que as preciosas fotografias e os delicadíssimos “caleotipi” fossem preparados para a emolduração e sucessiva montagem, que realizamos nós mesmos em função do tempo recorde. Os painéis, iluminados com delicadeza, as luzes tricolores, os móveis expositores, as decorações e plantas criaram um ambiente muito agradável para acolher os participantes na noite da inauguração.

A inauguração

O Vice-cônsul

Os partecipantes
A presente mostra fotográfica deseja homenagear, também no Rio Grande do Sul, o Aniversário da unificação da Itália. Exatamente há 150 anos, em 17 de março de 1861, o primeiro Parlamento Italiano, na cidade de Turim, proclamou o nascimento da Itália Unida. A Itália, que foi por muitos séculos dividida em pequenos Estados, e objeto de conquista das maiores potências europeias, conseguia finalmente alcançar a Unidade política e territorial.
A exposição aqui apresentada entende propor à atenção do público uma revocação, em chave fotográfica, dos personagens mais eminentes do Ressurgimento italiano e recontar, através de painéis explicativos e material multimídia, os valores e os ideais que sustentaram o processo de unificação da Península italiana. Garibaldi, Cavour, o Rei Vitório Emanuele II, Mazzini, são indiscutivelmente os protagonistas da unificação Italiana. Todos perseguiram a ideia de uma Itália unida, mas as diferentes visões, assim como de caráter e de gosto, eram marcantes, e se manifestaram em muitas ocasiões, e isso explica, por exemplo, o exílio de Mazzini, os contrastes entre Garibaldi e Cavour.
Camillo Benso de Cavour foi a mente política e diplomática da unificação italiana, aquele que conseguiu ilustrar diante das Potências europeias as razões da nova Itália. Ele inspirou a heroica empresa de Garibaldi, que anexou o Sul do País na nova paisagem nacional.
Na percepção dos habitantes da Península, Giuseppe Garibaldi continua o indiscutível protagonista da unificação nacional, o homem que soube exprimir, com sua ação venturosa, uma soma impressionante de virtudes, cujo fogo era a luta pela liberdade dos povos.
Não podemos esquecer que a Itália nasceu liberal, e as instituições que com ela surgiram foram aquelas do liberalismo, ou seja daquele regime político que precedeu historicamente o advento da democracia.
A Itália moderna, mesmo perturbada na primeira metade do século passado pelo nacionalismo e pela ditadura fascista, continuou profundamente marcada pelos valores que a viram nascer, que são exatamente os valores do liberalismo e da democracia.
Ao lado de muitas ilustrações, retiradas da impressão do tempo, aqui vem apresentadas fotos originais, gentilmente oferecidas pelo Museu Histórico da Fotografia da Província de Lodi, do Museu do Ressurgimento e de colecionadores.
Trata-se de instantâneos que pertencem à infância da fotografia. Foram tiradas na segunda metade do século XIX, por fotógrafos profissionais, cuja identidade frequentemente se perdeu, mas que estavam entre os patriotas e combatentes.
O olhar daqueles valorosos fotógrafos nos restitui, junto com as marcas do tempo, lugares, vultos e imagens da época ressurgimental.
Artífices da Unidade Italiana, os protagonistas do Ressurgimento se apresentam hoje à nossa sensibilidade contemporânea como pessoas que possuíam de forma eminente as virtudes civis: o amor à pátria, a coragem, o desinteresse, e um estilo de vida simples e sem pretensões. O Ressurgimento foi verdadeiramente grande na sua modéstia.
(Francesco Barbaro - Cônsol Geral da Itália)



Uma mesa de vidro


As bandeiras


Os Paineis

Visitantes

O nosso Presidente, Armando Traversoni, abriu a solenidade, explicando a raridade dos documentos e dos meios fotográficos, que naqueles dias longinquos estavam em seu início, e que viram os primeiros fotógrafos profissionais acompanharem e imortalizarem os personagens e os eventos. A seguir foi o Vice Consul Stefano Di Vittorio, quem realizou um belíssimo discurso sobre a importância histórica e política do Ressurgimento e da Unificação, declarando aberto o evento, em nome da Itália e do novo Consul Geral, Augusto Vaccaro, que ainda não estava em Porto Alegre. No evento também estavam presentes importantes autoridades, como a Presidente da Câmara de Vereadores, Sofia Cavedon, que representou o Prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, o Consul colombiano e alguns representantes político-partidários de descendentes italianos.
Inaugurada em 17 de março e aberta até 8 de maio de 2011, a mostra, entitulada “O Ressurgimento Italiano e a conquista da Independência Nacional” recebeu aproximadamente sete mil visitantes.

 
«« Voltar | «« Home | Arquivo | Quem somos
Associação Cultural Itália-Porto Alegre Onlus | Registro Civil de Pessoas Juridicas n.3148 12-03-2009 | Todos os direitos reservados